Memória de Bordadeiras!

Oficina de escrita cénica dirigida pelo eminente dramaturgo, encenador, teatrólogo e pedagogo Guillermo Heras, esta é uma oportunidade para quem gosta de escrever e tem curiosidade sobre teatro!  

 

17 e 18 janeiro, das 21h00-23h00
19 janeiro, das 15h00-19h00

Café Concerto do Teatro Municipal Sá de Miranda

Oficina destinada a todos os que tenham interesse no trabalho de Dramaturgia na atualidade.

Tomar-se-á como base concetual a escrita de textos teatrais que tenham como base amemória das costureiras e bordadeiras da zona de Viana do Castelo e seus arredores, criadoras de uma cultura própria através da expressão da confeção dos trajes que deram grande personalidade à região, como se constata no Museu do Traje da cidade. Esta oficina terá uma duração de cinco meses – (de janeiro a junho de 2019) – período ao longo do qual se aplicarão duas estratégias de trabalho:

    1 - PRESENCIAL
Coordenado pelo diretor do projeto onde se estabelecerão as bases de desenvolvimento de escrita do texto a realizar por cada um dos integrantes do Laboratório. Nestas sessões o coordenador irá propor uma série de estratégias sobre a escrita teatral atual, assim como uma série de exercícios destinados a refletir sobre tal escrita na atualidade.
    
    2 - VIRTUAL
Entre as diferentes sessões presenciais com os participantes portugueses, estabelecer-se-á um sistema de intercâmbio, via internet, dos materiais que irão sendo escritos pelos participantes, até culminar na entrega final de um texto autónomo de cada pessoa e que irá compor uma dramaturgia cujo eixo seja a MEMÓRIAS DAS BORDADEIRAS DE VIANA. Esta primeira fase concluirá com a LEITURA DRAMATIZADA DOS TEXTOS PRODUZIDOS NO LABORATÓRIO.

Esta inscrição tem um custo de 20€/mês durante 6 meses.


Para mais informações e/ou inscrições:

258 823 259 / 967 552 988
geral@centrodramaticodeviana.com

2019-01-15
A Estalajadeira dias 23, 24 e 25!

© Rui Carvalho

Nos dias 23, 24 e 25 de janeiro volta a cena a comédia A Estalajadeira.
Estreado no passado dia 14 de dezembro o espetáculo assinala a 137ª produção do Teatro do Noroeste-CDV e é dirigido por Ricardo Simões. Será apresentado na Sala Principal do Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo de quarta a sexta às 21h30.

Com tradução de Jorge Silva Melo, dramaturgia de Alexandra Moreira da Silva, cenografia e iluminação de Antonio Simón, a sonoplastia de José Prata, figurinos Juliana Vilaça (no âmbito da investigação do Mestrado MeDeIn ESTG IPVC). A construção e pintura de cenografia são de Porfírio Barbosa, José Esteves e Paulo Pinto, sendo o guarda-roupa confecionado por Dona Agulha.

  


© Luis Lagadouro

Sinopse:
Mirandolina herdou do pai a sua estalagem, que nunca tem um quarto vago. Entre os hóspedes há um Marquês sem dinheiro, um Conde sem nobreza, um Cavaleiro sem maneiras e um Criado sem correspondência. Como poderá uma mulher solteira trabalhar num mundo de homens em que todos a querem seduzir? Por entre roupas, engomados, cozidos, vinhos e licores, lá terá a esmerada estalajadeira de resolver tantos amores!

Duração: 120 minutos (aprox.) c/ intervalo
Classificação: M/12

Os bilhetes encontram-se à venda na Bilheteira do Teatro Municipal Sá de Miranda, com preços entre os 4 e os 10 euros, e podem ser reservados através do e-mail: 

tmsm@cm-viana-castelo.pt

 

Informações: 258 823 259 | 967 552 988  

 geral@centrodramaticodeviana.com

2019-01-15
Cartão CLAN!

  

Mais informações aqui!

  

Informações: 258 823 259 | 967 552 988  

 geral@centrodramaticodeviana.com

2018-12-18
Programação 2019!

Acompanhe a nossa programação deste ano através deste programa digital!

 


Aconselhamos a visualização com "zoom" (para tal, é só clicar no quadrado que aparece no centro da imagem).

 

Informações: 258 823 259 | 967 552 988

geral@centrodramaticodeviana.com
   

2019-01-13