"Bodas de Sangue"

"Bodas de Sangue", a 130ª criação do Teatro do Noroeste - CDV, estreou no Teatro Municipal Sá de Miranda a 6 de dezembro de 2016, data em que a companhia celebrou 25 anos de atividade. Com encenação conjunta de Guillermo Heras e Ricardo Simões, iluminação de Antonio Simón, sonoplastia de José Prata e direção coral de Vítor Lima, "Bodas de Sangue" juntou em palco mais de 40 intérpretes, entre atores (profissionais e amadores historicamente ligados à companhia, bem como membros das oficinas de teatro do Projeto Comunidade do Teatro do Noroeste - CDV) e músicos (integrantes das Cantadeiras do Vale do Neiva e da Banda de Gaiteiros da ZEPAM - Associação Musical). Este espetáculo esteve em cena no Teatro Municipal Sá de Miranda entre os dias 6 e 17 de dezembro, de terça a sexta às 21h30 e aos sábados em sessão dupla, às 16h00 e às 21h30. "Bodas de Sangue" teve um total de 1489 espetadores em 12 apresentações, o que perfaz uma média de 124 espetadores por sessão.

 

 


« Voltar